Coordenação Geral
José Maria Sodré
O MEI e a Contribuição Previdenciária x Aposentadoria
-----------------------------------
ICMS: ANTECIPAÇÃO e DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA (CONTRIBUINTE MINEIRO OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL)
-----------------------------------
Estabelecimentos de beleza e seus parceiros - Nova Lei
-----------------------------------
CÁLCULO PARA COTA DE APRENDIZES
-----------------------------------

Próximo Anterior

Outras noticias
Voltar

12/05/2017

SUA OPORTUNIDADE PODE ESTAR AO ALCANCE DE SEUS OLHARES

Todo o profissional, seja como empregado ou como atividade empresarial, muitas das vezes precisa substituir sua realidade de trabalho por outro tipo de emprego ou mesmo por uma nova atividade empresarial. E neste diapasão poucos utilizam sua visão para captar o que pode mudar. É que convivemos, diariamente, com muitas outras atividades sem perceber que uma delas pode gerar a tão esperada mudança. Ao olhar em sua volta pode se deparar com algo novo ao alcance de se tornar o futuro promissor. Então, repare bem as atividades que lida no seu cotidiano!

                No nosso cotidiano temos a oportunidade de conviver com várias outras atividades além da que praticamos; aliás, precisamos conviver com elas.  Às vezes levamos nosso carro a uma oficina, então por que não pensamos em ter uma oficina; com freqüência vamos ao salão de beleza, então por que não pensamos em montar esta atividade empresarial; ir ao restaurante pode gerar uma nova oportunidade de negócio; na academia, além dela muitas outras atividades estão naquele ambiente, etc. etc.. O fato é que nossa convivência diária converge e necessita de várias outras atividades e ao necessitarmos de novas oportunidades deixamos escapar o que vemos ou o que usamos como fonte inspiradora.  

                Bem, sabemos de antemão que toda mudança requer planejamento e bem como, em determinados casos, investimentos básicos inclusive para capital de giro. Além, é claro, de um estudo de conhecimento amplo do que se pretende fazer já que nada vai para frente sem que o “dono” seja o melhor conhecedor.  Mas o essencial é enxergarmos as oportunidades que nos rodeiam e que por descuido muitas das vezes não as vemos. E muito essencial ainda é iniciar (reiniciar) com o pé no chão, sabendo que a cada passo podemos ampliar nossos horizontes profissionais.

Em 09/05/2017

José Maria Sodré –

 

Contador/advogado/Consultor de Negócios